Confira a dieta do chocolate e emagreça

Você jurou que ia aproveitar o início da semana para começar uma dieta, mas já sentiu aquela vontade tentadora de comer chocolate e acabou burlando o regime. Se essa situação lhe parece familiar, pode comemorar. Um novo chocolate que promete auxiliar no processo de emagrecimento acaba de chegar ao mercado. Com fitoterápicos na formulação, o produto promete acelerar o metabolismo e favorecer a queima de gordura.

Desenvolvido pela rede de farmácia de manipulação Officilab, o chocolate contém goji berry em pó, laranja amarga, picolinato de cromo e psyllium, além de 50% de cacau, o que confere um sabor meio amargo.

cartucho chocolate 20g rev4

- A laranja amarga tem um princípio ativo chamado sinefrina, que estimula a quebra de gordura e promove a redução do peso. Já o goji berry possui polissacarídeos que aceleram o metabolismo e contribuem para a regulação energética. Essa fruta age no controle da obesidade, segundo alguns trabalhos científicos, e ajuda a diminuir a circunferência abdominal – explica a farmacêutica Cláudia Souza, da Officilab.

O psyllium é uma fibra que prolonga a sensação de saciedade e pode minimizar a absorção de gordura no intestino. O cromo, por sua vez, auxilia na perda de peso ao modular os níveis de glicose (açúcar) no sangue.

- É um chocolate que pode ser consumido por todas as pessoas, inclusive diabéticos e hipertensos, porque é isento de açúcar, lactose, glúten, gorduras trans e sódio – completa Cláudia.

Para quem quer emagrecer, o ideal é usar o produto como um complemento da dieta, consumindo-o no lanche do meio da manhã ou da tarde.

Camila Muniz para o jornal EXTRA

Clique em www.bemdemais.com.br e saiba mais.

0 chocolate 3

Aeróbicos – Antes ou depois de malhar?

Boa Noite, fãs e entusiastas BemDemais!

Muitos se perguntam, para emagrecer, qual é a hora de fazer o aeróbico, antes ou depois de malhar? Para emagrecer e aumentar a queima de gordura o ideal é fazê-lo depois! Já quando o propósito é hipertrofia, o ideal também é depois, porém com a ingestão de proteínas logo após o fim da musculação. Entenda o porquê.
Bicicleta-academia
Se o propósito for emagrecer, o ideal é fazer o aeróbico logo depois, mas porquê? É simples, enquanto existir reservas de glicogênio no seu músculo (uma reserva estratégica de açúcar que temos nos nossos músculos) nosso corpo usará essa reserva como substrato energético. Uma vez acabadas as reservas de glicogênio após a musculação, durante o aeróbico o corpo se utilizará principalmente da gordura como fonte de energia, ou seja, o emagrecimento será maior devido à maior queima da gordura. Ideal pra quem quer perder a barriga e secar pro verão!
2000 --- Running Legs --- Image by © Royalty-Free/Corbis
Mas se a intenção for ganhar massa muscular, e causar hipertrofia o ideal é tomar um shake de proteínas, como a albumina ou o whey protein isolado, logo ao final do treino de musculação e, se possível, combinado com glutamina. Acontece que após o treino para hipertrofia nossos músculos estão em um grande estado absortivo, ou seja, eles estão buscando substrato pra crescer, que é a proteína. Para evitar o catabolismo de massa magra, faz se uso da glutamina, que possui esse propósito. Logo, o aeróbico irá também preconizar a queima de gordura, uma vez que não foram ingeridos carboidratos mas a massa muscular será melhor preservada e terá o crescimento esperado.

Independente de seu propósito, antes de iniciar qualquer programa, seja para hipertrofia ou para emagrecimento, procure um médico e um nutricionista! O Dr. Tércio Rocha, endocrinologista, e Eduardo Nordi, nutricionista, terão grande prazer em ajuda-los para que alcancem seus objetivos. Ligue agora para o 21 2430-7027 marque sua consulta e prepare-se para o verão!

Sugestões, dúvidas? Entre na nossa página do facebook e comente! Será um prazer atende-los https://www.facebook.com/Bemdemaisbr .O verão está chegando, inspire-se, permita-se e viva-o BemDemais!

Pedro Rocha, acadêmico de Medicina.

fonte imagens: edupersonal.com; www.blogbrasil.com.br

Suplementos – O que são e como utilizar?

Boa noite, fãs e entusiastas BemDemais!

Hoje em dia virou febre, é só a pessoa começar a fazer algum tipo de exercício físico que vai logo correr para comprar os famosos suplementos. Mas o que exatamente eles fazem? Quais são seus riscos? Vamos abordar os três tipos mais utilizados, o Whey Protein, a Albumina e os Termogênicos.
Suplementos-para-ganhar-massa
Whey Protein

arnold-drinking

O Whey Protein é nada mais do que a proteina do soro do leite. Uma proteina que é rapidamente absorvida e caiu no gosto dos marombeiros. Ideal para tomar no pós-treino ela ajuda na recuperação e na construção de massa muscular devido ao seu alto teor proteico e ao fato de geralmente estar associada a carboidratos em sua composição, o que faz com que o nosso Pâncreas libere a insulina que por sua vez abre um canal de aminoácidos na célula, possibilitando uma maior entrada dessa proteina ingerida. O Whey Protein pode ser de vários tipos: Isolado, Hidrolisado ou Concentrado, cada um se adequando a diferentes tipos de propósito e pessoa.

O Hidrolisado passa por um processo de “quebra” das proteinas previamente, tornando sua absorção mais fácil e rápida, podendo conter gorduras e carboidratos. O Isolado, por sua vez, apresenta 90% ou mais de proteina em sua composição e não possui valores significativos de carboidratos, gorduras nem lactose. Já o Concentrado pode variar sua concentração de proteinas entre 29 e 89%, possuindo alto teor de gorduras, carboidratos e lactose, ocasionando em um maior ganho de peso.

Albumina

Mix-Albumin-500x500

A albumina é uma proteína de alto valor biológico contendo assim todos os aminoácidos essenciais. Essa nobre proteína é um ótimo substrato para que o próprio organismo possa sintetizar colágeno, o que é fundamental para a manutenção do rejuvenescimento da pele. A Albumina tem também importante função no aumento de massa muscular magra, manutenção da pressão osmótica, transporte de hormônios produzidos pela tireóide, transporte de ácidos graxos livres, transporte de hormônios lipossolúveis e controle do pH sanguíneo. Não bastando esses inúmeros benefícios, outro fator relevante é a sua utilização para recuperação de cirurgias estéticas, pois aumenta o poder da cicatrização e diminui o inchaço no pós cirúrgico. Por ser uma proteína de absorção lenta seu consumo é indicado no desjejum e antes de deitar, a dosagem varia de acordo com objetivo, necessidades nutricionais e fatores biológicos e individuais. Claro, para aqueles que querem ganhar massa muscular, a albumina também é recomendada no pós-treino.

Termogênicos

7928-lipofight

Os Termogênicos tem como principal função aumentar o metabolismo da célula, ou seja, fazê-la funcionar mais rapidamente, sendo muito utilizado para processos de emagrecimento por acelerar bastante a queima de gordura. Os termogênicos mais balanceados utilizam-se basicamente de produtos que consumimos em nosso dia-a-dia porém com suas propriedades ativas em maiores concentrações. Um exemplo disso é o LipoFight, que contém Guaraná, Laranja-Amarga, Manga Selvagem e Chá Verde em sua formulação e agrega o aumento metabólico a diminuição da vontade de comer doces e de beliscar a toda hora graças à Manga Selvagem e à Laranja Amarga.

Pode-se toma-lo ao acordar para dar aquele ânimo extra ao seu dia e antes de fazer exercícios, de modo a aumentar a queima de gordura e secar a barriga! Um sachê dissolvido em água gelada cerca de 15 minutos antes do exercício é o ideal.

Atenção aos Perigos!

Fazer uso de suplementos sem o acompanhamento de um médico ou nutricionista pode trazer riscos à saúde. A alta concentração proteica no sangue pode levar à uma acidez metabólica e prejudicar rins e fígado. E o uso de termogênicos desenfreado e sem a posterior realização de exercícios pode ocasionar taquicardia e crises de ansiedade!

Antes de iniciar qualquer projeto para o corpo perfeito consulte um médico ou nutricionista para que eles possam te auxiliar e te guiar nesse processo. O Dr. Tércio Rocha e o nutricionista Eduardo Nordi irão fazê-lo com o maior prazer e atenção! Para marcar sua consulta e pedir o LipoFight e o Mix Albumina ligue já para  21 2430-7027 ! 

O Verão está chegando! Permita-se, Inspire-se, Viva-o BemDemais!

Pedro Rocha, acadêmico de medicina

 
fonte foto: www.hiperativo.com

Perca 3kg Por Semana No Inverno!

Boa Noite, fãs e entusiastas BemDemais!
cao-inverno-saude-8686
Inverno é aquela época em que todos temos aquela preguiça à mais e um vontade sem fim de continuar deitados embaixo de um cobertor, mas poucos sabem que esta é, sem dúvida, a época do ano em que é mais fácil emagrecer!

O que ocorre é que nosso corpo acaba gastando mais calorias para manter nossa temperatura constante, o que aumenta em torno de 10% nosso metabolismo, facilitando, e muito, a perda de gordura corporal.

correndo-na-chuva

Mas como fazer pra deixar de lado a preguiça e arrumar ânimo pra se exercitar? Simples!

Assim que acordar tome 2 copos de água gelada com um LipoFight, um termogênico balanceado que acelera a queima de gordura, te dá aquele boost pra começar o dia e graças às propriedades da laranja amarga e da manga africana reduz também seu apetite! Logo após tomar o LipoFight e os copos de água pule 15 minutos de corda em rounds de 3 minutos ou corra/caminhe cerca de 20 minutos, após o exercício tome seu café da manhã, buscando sempre evitar pães, bolos e biscoitos.

No meio da manhã quando bater aquela fome coma uma fruta de sua preferência com 1 café, outro termogênico natural e aliado da perda de peso, ou um Mix Albumina, que possui alto valor proteico e sacia muito bem a fome pré almoço, diminuindo suas chances de abusar na próxima refeição!

No almoço como é inverno e já temos aquele sono constante façamos dele um prato leve, como uma deliciosa salada mediterrânea com uma colher de azeite extra virgem pra temperar.

3 horas após o almoço, no lanche da tarde que tal um chá? Os chás além de excelente companhia para um dia frio tem também grande poder desintoxicante e termogênico, como o chá branco, chá verde ou o chá de hibisco.

Ao chegar do trabalho em casa mais 15 minutos de corda acompanhados de muita água gelada e, finalmente, no jantar mantemos o cardápio leve com um peito de frango e uma porção de legumes ao vapor ou uma sopa de frutos do mar.

Com esse roteiro a perda de peso é certa! Lembre-se, o Inverno é a preparação para o Verão, e ele está chegando! Inspire-se e viva-o BemDemais!

Para pedir seu LipoFight e seu Mix Albumina ligue 21 2430-7027! Aproveite e marque já sua avaliação de composição corporal na Inbody 720 e trace sua meta para o Verão!

Pedro Rocha, acadêmico de Medicina
Colaboração: Eduardo Nordi, Nutricionista Esportivo

Corpo Saudável

Boa Noite, seguidores e entusiastas BEMDEMAIS!

A partir de hoje estaremos dando dicas de exercícios, suplementação e alimentação para todos aqueles que planejam se preparar para o tão esperado verão no País Tropical! Mais que o foco de alcançar um corpo sarado temos a intenção de alcançar um corpo saudável, que seria uma combinação harmoniosa sobretudo dos percentuais de músculo e gordura no corpo. Para mulheres Continuar lendo

HGH na Musculação – O que é, Para Que Serve e Quais São os Efeitos

abs

O Hormônio do Crescimento Humano, também conhecido como HGH, é sem dúvidas um dos preferidos pelos praticantes e principalmente competidores de musculação. Embora o HGH tenha inúmeros casos de usos legítimos na área da saúde, onde é muito utilizado no tratamento de pessoas com distúrbios de crescimento, muitos fisiculturistas aproveitam seus efeitos para construir músculos.

HISTÓRIA DO HGH NA MUSCULAÇÃO
Por muitos anos os fisiculturistas usavam o Hormônio do Crescimento Humano ilegalmente para melhorar seu estado físico. E não é uma coisa que surpreende, já que os resultados eram muitos satisfatórios.

Dentre os principais efeitos, os fisiculturistas obtinham um aumento no metabolismo, no nível de energia e uma redução de gordura. O aumento do metabolismo faz com que o corpo decomponha os alimentos de forma mais rápida e eficiente, e combinado com o aumento de energia, ajuda no progresso dos atletas na academia. Esses dois fatores combinados queimam o dobro de gordura e promovem o crescimento de massa muscular magra. Além disso, quando você se exercita, seus músculos ficam doloridos, precisando de reparo para que se desenvolvam. O HGH corta esse tempo praticamente pela metade, recuperando os atletas mais rapidamente.

EFEITOS DO HGH NA MUSCULAÇÃO

O HGH também fortalece as articulações, ligamentos e expande a nossa habilidade de sintetizar proteína. Essa habilidade permite que seu corpo absorva mais proteínas, que são fundamentais para a construção muscular. A primeira vista, chega a ser estranho que atletas de outros esportes não aproveitem esses benefícios.

Muitas pessoas discordam do uso de HGH na musculação devido a razões éticas e morais, porém uma coisa não pode ser contestada: Os resultados que o Hormônio do Crescimento Humano proporcionam aos fisiculturistas são absolutamente incríveis.

Porém, os efeitos colaterais podem ser bastante perturbadores. Doença cardíaca, câncer e acne são apenas alguns da lista negra.

Além dos efeitos negativos, o uso de HGH injetável é ilegal a menos que prescrito por um médico. Porém, como os fisiculturistas são pessoas extremamente competitivas, sempre estão procurando por formas de se sobressair fisicamente. Se você é, ou pretende ser um fisiculturista e também está disposto a usufruir dos benefícios de construção muscular oferecidos pelo HGH, o melhor a ser feito é procurar um médico. Ele poderá orientá-lo de forma adequada a respeito.

Se você pratica musculação apenas por que gosta, pode optar por suplementos a base de HGH. Claro que os benefícios são inferiores, porém você não correrá os riscos que a aplicação injetável oferece.

Vale a pena lembrar que em nenhum momento estamos recomendando o uso de nenhum tipo de substância proibida. O objetivo desse post é apenas informativo. Se você realmente deseja aplicar HGH, recomendamos fortemente que o faça com acompanhamento médico.

Site DEFINIÇÃO TOTAL

Benefícios do Ômega 3 Cadeia Longa

omega 3

Muito exaltado na mídia, o ômega 3 de fato é um dos componentes nutricionais mais importantes na nossa alimentação diária. Melhor amigo de órgãos preciosos como cérebro e coração, o ômega 3 atua diretamente para tornar nossa vida melhor e mais funcional.

O ômega 3 é um tipo de gordura chamada ácido graxo, e é um dos principais componentes da membrana externa do nosso cérebro. É através dessa membrana que os sinais nervosos que desencadeiam nosso raciocínio, reações e aprendizados fluem, ligando os diferentes centros de percepção e decisão do nosso cérebro para que trabalhem bem como um todo.

Por essa atuação essencial é que precisamos ingerir diariamente uma dose mínima de ômega 3. Se entramos em deficiência desse ácido graxo, nosso cérebro é obrigado a se adaptar, fazendo conexões de forma mais lenta e aumentando nosso tempo de resposta. Quando isso se torna um hábito, nosso corpo passa a encarar isso como o padrão de funcionamento, o que acarreta problemas de memória, concentração, habilidades motoras e motivação.

Por outro lado, quando mantemos nossos níveis de ômega 3 bem supridos, nosso cérebro se torna mais ágil, incrementando nossa qualidade de vida.

Além do cérebro, o ômega 3 também reduz o risco de problemas cardíacos e reduz a inflamação associada a artrites, arterioescleroses e outras complicações articulares.

Para ter todos esses benefícios, é essencial prestar atenção à alimentação. Os peixes de águas profundas e frias (salmão, bacalhau, truta, atum, sardinha e etc.) são os campeões em concentração de ômega 3. Óleos de peixe e de linhaça também tem ótimos níveis. Mas, se no dia a dia é difícil ingerir regularmente esses alimentos, os suplementos de ômega 3 garantem a dose necessária com bastante praticidade.

Porém, para não dizer que é fácil assim, existe uma pegadinha quando se fala em ômega 3: nem todos são iguais. O ômega 3 super benéfico é o de cadeia longa, que está presente em todos os alimentos listados acima e em diversos suplementos. O que ocorre é que muitos dos produtos que anunciam serem enriquecidos com ômega 3 estão na verdade falando do “primo pobre”, o ômega 3 de cadeia curta. Muito mais barato que o longo, essa variação não tem os mesmos benefícios e geralmente vem junto com ômega 6, que é um outro tipo de gordura prejudicial ao nosso corpo. Manteiga, gordura animal e gordura de coco são exemplos de ômega 3 de cadeia curta que devemos evitar.

Por isso, é fundamental olhar bem o rótulo na hora de escolher seu suplemento de ômega 3. Preste bastante atenção e busque a especificação de ômega 3 de cadeia longa para não comprar gato por lebre e usufruir de toda qualidade de vida que você pode ter.

Equipe BEMDEMAIS
www.bemdemais.com.br