Nova Tecnologia no Combate a Gordura Localizada

Skinceuticals Logo preta sem fundovip Fabia Oppido Schalch logo

ILIPO, laser desenvolvido na Inglaterra, é nova tecnologia no combate da gordura localizada.

O equipamento é um laser de diodo de baixa intensidade. Através de Pads aplicados na área a ser tratada, a luz do laser é emitida, aumentando o metabolismo das células de gordura e quebrando os triglicerideos em ácidos graxos e glicerol. Esses são liberados pelo sistema linfático, para serem efetivamente eliminados pela urina e fezes.

O tratamento é rápido com duração de 10 – 20 minutos , totalmente indolor e sem restringir o paciente quanto à exposição solar. São indicadas de 8 a 10 sessões, 2x/semana. Os melhores resultados são alcançados quando se realiza alguma atividade física após a aplicação, visando o aumento do metabolismo corporal, com conseqüente eliminação mais rápida da gordura que foi liberada.

Não há destruição da célula gordurosa, apenas o seu esvaziamento, evitando irregularidades na região tratada.

Qualquer área corporal pode ser tratada, apresentando inclusive excelentes resultados para gordura submandibular, a famosa “papada”, com os recentes pads de menor tamanho que chegaram recentemente no Brasil.

Além da gordura localizada, o ILIPO vem sendo grande opção no tratamento da celulite.

Outra grande vantagem dessa nova tecnologia  é a eliminação ser feita através do sistema linfático, sem a passagem da gordura pelo fígado, o que torna a sessão ainda mais segura ao paciente.

vip Fabia Oppido Schalch

Dra Fabia Oppido Schalch, 

Rua Cel Artur de Paula Ferreira , 59, cj 34, Vila Nova Conceição
São Paulo, Brazil
Telefone: 011 3624-1424

https://www.facebook.com/ClinicaDermatologicaDraFabiaOppidoSchalch

 

Tratamentos de sucesso para Gordura Localizada e Peeling

Skinceuticals Logo preta sem fundoIMG_1440

Novo Tratamento promete eliminar de vez a Gordura Localizada

Imagine eliminar aquela barriguinha indesejada, sem dor, sem cortes e sem internação? Graças ao Liposonix isso é possível. Um aparelho inovador que reduz medidas com os mesmos resultados de uma lipoaspiração, mas totalmente não invasivo.

O Liposonix é um aparelho de ultrassom focalizado de alta intensidade que ao entrar em contato com a área tratada quebra essas partículas de gordura de forma eficaz e permanente. Durante várias semanas o corpo metaboliza de forma gradual as células de gordura que foram destruídas.

- O diferencial do Liposonix é não interferir na rotina diária. Ele pode ser feito sem internação, anestesias e repouso – ressalta a dermatologista Marcia Linhares.

Com apenas uma sessão já é possível ver resultados. O tratamento é ideal tanto para mulheres quanto para homens, principalmente para os que não conseguem se livrar da indesejada “pochete” (gordura abdominal) só com exercícios.

Skinceuticals Logo preta sem fundodownload

Peeling a laser com pasta de carbono para deixar a pele mais bonita

Muitas mulheres sonham em ter a pele bonita, macia e iluminada. Hoje em dia, existem diversas opções de tratamentos, muitos deles bastante inusitados. Uma opção é o peeling com pasta de carbono.

Nesse peeling é usada uma pasta preta de carbono no rosto que fica completamente preto, em seguida aplica-se o laser que remove toda a pasta negra como se fosse uma borracha apagando e retira também a camada mais superficial da pele. É indicado para renovação celular, deixando a pele muito macia e iluminada, além de deixar os pelinhos do rosto loiros, com efeito tipo blondor, o que evita você ter que fazer depilação no rosto e evitar que a pele fique manchada.

A pasta de carbono é composta de microparticulas de carbono processadas e centrifugadas em uma base de óleo mineral. Essa pasta é aplicada sobre a pele, penetra no foliculo piloso (o paciente fica com o rosto completamente negro) e o laser em contato com esse pigmento exógeno causa uma pequena explosão que leva a retirada da pasta juntamente com a camada mais superficial da pele.

- É importante lembrar que não causa nenhum ferimento na pele, a descamação é muito leve e quase imperceptível. O procedimento causa um leve desconforto como se fosse areia batendo na pele. Os pacientes adoram, a pele fica macia, iluminada, provoca uma renovação celular – explica a dermatologista Marcia Linhares.

O resultado já é imediato, deixando a pele mais macia e mais clara ao fim do tratamento, sem riscos da pele escamar ou inflamar. Após a sessão, é necessário somente protetor solar.

vip skin marcia linhares

Dra Marcia Linhares – Dermatologista    -   www.clinicamarcialinhares.com.br   21 2512 6461

MEDICINA REGENERATIVA: ENVELHECIMENTO SAUDÁVEL

Doctor completing on medical card. Isolated on a white.

O QUE É A MEDICINA REGENERATIVA?

A Medicina Regenerativa é a opção mais sensata de quem pretende ter um amadurecimento sem as limitações da velhice. Só fica velho quem não repõe hormônio . Regenerar é não agredir, é voltar ao status hormonal de produção de proteínas. É um processo promissor de  substituir ou regenerar e restaurar as funções normais do indivíduo.

O endocrinologista Tercio Rocha formou uma equipe multidisciplinar (neurologista, reumatologista, imunologista e alergologista) para acompanhar e tratar os pacientes interessados na Medicina Regenerativa. “A partir dos 27 anos se inicia um lento e progressivo declínio da produção de proteínas = hormônios, enzimas, parede celular, epitélios, derme, tecido cardíaco, músculos, tendões e cartilagens. A isso se chama bioquimicamente de “balanço nitrogenado negativo”, uma evolução clinica desfavorável, excretando mais proteína do que está ingerindo, causando com isso um catabolismo que significa uma perda proteica.

O envelhecimento

Quando se é jovem nosso organismo tem níveis maiores de hormônios e quando envelhecemos perdemos a capacidade regenerativa de ossos, pele, músculos, tendões, articulações, cérebro, coração, pulmão, rins, fígado e intestinos. Isso ocorre devido a um declínio na produção proteínas. Um dos primeiros sintomas do envelhecimento se inicia com dores articulares (40%) como artrite, reumatismo, artrose, doenças do colágeno, entre outras.

A degradação e perda da qualidade funcional dos tecidos e órgãos podem advir de uma reação imunológica e/ou alérgica, o que acelera de forma brutal o envelhecimento, o desgaste do órgão afetado.

O aspecto do envelhecimento que mais gera medo no ser humano é a perda de suas funções cognitivas, neurológicas, de sua sanidade mental, memória, humor, sono, etc. Por isso a importância do acompanhamento da saúde vascular por um neurologista, indicando e orientando a realização de exames periódicos e inibindo o seu quadro degenerativo.

Como regenerar?

Um dos primeiros passos é fazer uma série de exames necessários para se obter um diagnóstico preciso. Mapeamento genômico. IGG alimentar 221 alimentos, ultrassom transcraniano para estudo do polígono arteriolar cerebral, testes alérgicos e desenvolvimento de auto vacinas, reabilitação funcional articular, nutri genômica (tecnologia alimentar traçada a partir dos testes do panorama genômico) e desenvolvimento de uma série de exercício físicos de acordo com sua genética muscular, são alguns dos procedimentos adotados.

Após esses testes e exames o tratamento tem início e a maior parte se passa pela nutri genômica, que quer dizer: você regenera seus tecidos e órgãos, desgastando-se menos e favorecendo sua regeneração por condições metabólicas ótimas. Enfim, o uso de hormônios bio-idênticos, GH, testosterona,  todos envolvidos nas TRHs, e aplicados, dependendo da necessidade de cada indivíduo e de alguns marcadores de risco e história familiar.

“A Dosagem hormonal através da saliva , tem se mostrado o melhor teste para controlar as TRHs , visto que somente nos fluidos corporais você consegue dosar a fração livre (bio ativa) dos hormônios”, ressalta Tercio Rocha

O uso dos hormônios sublinguais em gotas é uma grande novidade em termos de conforto, aumento da absorção  e resultados terapêuticos. A melhora do sono com o uso de melatonina, chás de camomila e erva—cidreira, suco de maracujá, correção hormonal e nutri genômica é fundamental para corrigir o ciclo circadiano dos hormônios (ciclo fisiológico de produção hormonal, alta na circulação sanguínea e baixa).

Após a aplicação desses exames, condutas clínicas, exercícios e no mínimo nove meses de nutrigenomicca, entra a parte regenerativa em nível celular. As células tronco adultas ,colhidas da gordura do próprio paciente e cultivadas no laboratório Excellion.

Essas células tronco adultas = fibroblastos autólogos, podem ser aplicadas em articulações, músculos, derme, cérebro, etc. E a grande vantagem dessa terapia é que ao aplicar células tronco (1 milhão de células por seringa), você está levando a um tecido em declínio de renovação, um exército de células produtoras (blastos) cujo marcador de idade celular, marca 1/3 da idade cronológica. “Isso significa devolver a um rosto de 60 anos, o colágeno, o turgor e o brilho da pele que se tinha aos 20 anos”, ressalta o endocrinologista Tércio Rocha. O mesmo vale para todos os tecidos como articulações, músculos, etc, afirma o médico.

Atualmente, já no primeira ato da colheita de gordura já se pega o excedente aspirado, filtra-se a gordura, e injeta-se essas células gordurosas integras em olheiras, ao redor da boca, na lateral da face, regiões onde a atrofia dérmica oriunda da baixa hormonal, estiver mais grave. Esse procedimento é conhecido como Fat Transfer e é realizado pelo cirurgião plástico prof. Dr. Franklin Carneiro.

O envelhecer , um processo natural do ser humano que com o advento da Medicina Regenerativa passa a ser uma reabilitação funcional do indivíduo, uma busca pela maior e melhor qualidade de vida. A medicina regenerativa é a grande promessa dos últimos tempos.

O QUE É A CLÍNICA RIO DE MEDICINA REGENERATIVA

Reunimos agora, na unidade Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro, RJ, da CLÍNICA TERCIO ROCHA, todas as especialidades clinicas necessárias a homens e mulheres que almejam uma vida saudável, prolongando a juventude funcional de seu corpo e mente, através da Medicina Regenerativa.

Nossa equipe oferece:

Alergia e Imunologia : Prof Dra Teresa Siler

Reumatologia : Dra Isabela Saad

Neurologia : Dr Andre Lima

Psiquiatria : Dr Anaton Albernaz

Endocrinologia Regenerativa : Dr Tercio Rocha

Dermatologia : Dra Laila Klotz

Cirurgia Plástica : Dr Franklin Carneiro

Nutrição : Dra Raquel Iff

Nosso endereço e telefones para contato são: Av. das Américas, 3939 – Bloco 01 – Cobertura 302, Barra da Tijuca, Rio – RJ - tel.: (21) 9 9584 3199 / (21) 24307027 / (21) 9 9584 3183

Venha nos visitar!

Como smartphones estão tentando substituir o seu médico (mas ainda não conseguem)

ku-xlarge11

Na maior parte do tempo, medicina é um jogo de adivinhar. Médicos, ou bruxos, ou xamãs, inspecionam um paciente, receitam uma poção e esperam que resolva. Com algumas exceções notáveis, a medicina moderna não é muito diferente. A coleta de dados – pressão sanguínea, batimentos cardíacos, peso, reflexos – é bastante rudimentar. Estamos conseguindo, mas a tecnologia pode nos levar a muito mais. Até mesmo a tecnologia que cabe no seu bolso.

Nos últimos anos, iPhones e iPads têm sido uma constante em consultórios médicos no mundo inteiro. Por que carregar uma prancheta quando você pode baixar via Wi-Fi os registros e digitar as informações diretamente no prontuário do paciente? Talvez até mais poderosa seja a ideia de que esses dispositivos podem coletar dados o tempo inteiro. Smartphones são ferramentas incrivelmente poderosas para coisas simples como coletar dados para coisas sofisticadas como medir o padrão de sono de um paciente. Existem apps que ajudam a regular sua saúde mental, apps que ajudam a ter controle sobre a quantidade de coisas que você come. Existem apps que podem medir a sua pressão sanguínea e a quantidade de açúcar no sangue. E existem apps que até ajudam você a lidar com o envelhecimento.

Por mais que um app não consiga curar uma doença, alguns dos apps médicos mais novos e experimentais são capazes de fazer algumas coisas extraordinárias. Esta tecnologia pode não apenas ajudá-lo a se sentir melhor; pode prevenir uma doença ao detectar os sintomas quando começarem a se manifestar.

Uma medida de prevenção

O primeiro passo – e o que os smartphones são os melhores para ajudar – é a prevenção, especificamente na forma de condicionamento e nutrição. Você provavelmente tem ao menos um amigo fã da Apple com uma Nike+ FuelBand. Claro, elas são grandes e meio desajeitadas, mas funcionam fantasticamente bem na coleta de dados sobre o seu treino e você pode sincronizar com seu computador de casa ou smartphone.

Existem diversos apps de pressão sanguíneas, mas o kit iHealth (componentes vendidos separadamente) invadiram a cena há alguns anos, introduzindo para o mundo as capacidades médicas do iPhone. Outro app chamado Doctor Mole vai ajudá-lo a monitorar o surgimento e crescimento de pintas. Para o bem-estar geral e sintomatologia, tente o iTriage, um aplicativo desenvolvido por médicos para pacientes.

Velhos problemas, novas ferramentas

Em 2009, quando a Apple anunciou pela primeira vez o suporte a acessórios no iPhone OS, ela propôs um dispositivo médico caseiro capaz de mandar dados para médicos. Desde então nós vimos apps especializados em tudo desde checar seu peso até o nível de açúcar no sangue, e muitas outras coisas. O iBGSTAR usa um acessório de US$ 49 para checar níveis de glicose (e tem nome de algo de astronomia ou hip hop, então é legal). Se você quiser toda a clínica, pode comprar o iHealth faz-tudo por US$ 99. Componentes separados vão fazer tudo desde medir pressão sanguínea até monitorar seu peso. E a lista continua.

Isso é apenas um aviso. Na verdade, novas tecnologias baseadas em smartphone estão começando a mudar como a medicina funciona na América – e em outros lugares. Ver um médico carregando um iPad em vez de uma prancheta não é incomum, nem ver um dermatologista usando uma câmera de smartphones para monitorar potencial câncer de pele. Inúmeros apps foram lançados recentemente por pesquisadores que tentam entender melhor o cérebro humano. É como o estudo psíquico que você fez na faculdade para ter mais dinheiro para cerveja, mas agora você consegue fazer isso no metrô.

Um dos produtos mais robustos no mercado é chamado Epocrates. Não é apenas um app, mas todo um pacote de recursos especializados – tudo desde imagens de comprimidos a links para laboratórios.
Em relação aos recursos além da tela de um smartphones, os dados coletados por suas entranhas podem ser bastante úteis nas mãos de um médico. O giroscópio do smartphone é sensível ao movimento então pode gravar como você se move, e dispositivos de pulso como o Jawbone Up conseguem monitorar seus movimentos e padrões de sono. Você também pode imaginar como o microfone ou um acessório melhorado pode funcionar até três vezes melhor do que um estetoscópio. Você pode até monitorar seu coração com apps como AliveCor. E é claro, o que é realmente incrível em todas essas ferramentas é que todos os dados coletados podem ser usados por médicos para diagnosticar doenças.

A seguir: pequenos robôs que dizem ao seu smartphone que algo está errado. Dê uma olhada neste chip que é incorporado à sua pele e pode avisá-lo quatro horas antes de você ter um ataque cardíaco. Ou esses microcomprimidos com microchips que enviam sinal da sua barriga para o smartphone. Nanorobôs que podem procurar e destruir células cancerígenas podem não estar muito distantes.

Nada como a coisa real

Mas aí vem a ressalva: você não é um médico. Não importa quantos apps de saúde você tem em seu smartphone, se não tiver estudado medicina, não está apto para fazer diagnósticos de doenças. Existe uma possibilidade de você piorar muito caso tenha alguma ansiedade em relação a morte. Acredite, isso não é bom.

Smartphones não são drogas (pode discordar de mim neste ponto). Um iPhone pode ser bem útil para detectar sintomas e saber quando é hora de visitar um oncologista, mas não é um substituto para quimioterapia. Nem mesmo Androids hackeados conseguem curar o câncer. Mas mesmo médicos admitem que smartphones estão mudando as coisas. E a tecnologia ainda vai melhorar.

ADAM CLARK
Site GIZMODO